search latitude

type a search...


Artistas brasileiros para conhecer em Buenos Aires este mêsback

A 28ª edição da feira de arte portenha arteBA, que acontece no histórico pavilhão de exposições La Rural, entre os dia 11 e 14 de abril, contabiliza 400 artistas de mais de 80 galerias de 25 cidades do mundo, das quais cinco galerias são brasileiras: 55SP, Casa Triângulo, Central Galeria, Portas Vilaseca Galeria e Vermelho. Elas participam do projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, uma parceria entre a Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil voltada para a internacionalização da arte brasileira.

A Sección Principal da arteBA tem curadoria de Eduardo Brandão (diretor da Vermelho, Brasil), Ana Castella (México), Henrique Faria (Nova York), Florencia Malbran (Buenos Aires) e Julián Mizrahi (Buenos Aires).

Galerias brasileiras, estandes e artistas representados na feira:

55SP. Estande no setor Utopia – U9. Apresenta trabalhos dos artistas Gabriella Garcia e Ricardo Castro. [www.55sp.art].
Casa Triângulo. Estande C14. Apresenta os artistas Max Gómez Canle e Nino Cais.
Central Galeria. Setor Utopia - U17. Apresenta trabalhos de C. L. Salvaro. [www.centralgaleria.com].
Portas Vilaseca Galeria. Setor Stage - S3. Leva à feira obras dos artistas Claudia Hersz, Ismael Monticelli e Mano Penalva. [www.portasvilaseca.com.br]. A artista brasileira Raquel Nava, representada pela Portas Vilaseca, participa da coletiva “Luto Tropical”, na Pasto Galeria, em Buenos Aires durante o mês de abril.
Vermelho. Exibe trabalhos de Nicolás Robbio, Nicolás Bacal, Carlos Motta, Henrique Cesar, Iván Argote, Dias & Riedweg, Marcelo Cidade e Lia Chaia no estande C1 da seção Principal. [www.galeriavermelho.com.br]. Nicolás Robbio e Carla Zaccagnini, ambos representados pela galeria Vermelho, inauguram mostras individuais no Museo Sívori e no Museo de La Inmigración no mesmo período.

Além do apoio habitual, as representantes das galerias Central e 55SP também participaram do Projeto Incubadora, uma ação de capacitação disponibilizada às galerias Latitude que tem como objetivo orientá-las a partir do processo de inscrição nas feiras até as suas participações efetivamente.